7/24 Consultoria e Soluções

7 days

&

24 hours

Consultoria e Soluções 

 

 

 

 
 

 

Recomendações para reduzir o risco de transmissão de patógenos emergentes de animais para humanos em mercados de animais vivos

A informação constante desta página foi publicada pela

WHO (OMS – Organização Mundial de Saúde)

 

Em 31 de Dezembro de 2019, a OMS foi informada de casos de pneumonia de etiologia desconhecida (causa desconhecida) detectada na cidade de Wuhan, província de Hubei, na China. Um novo coronavírus (2019-nCoV) foi identificado como o vírus causador pelas autoridades chinesas em 7 de Janeiro.

Estão em andamento investigações para avaliar a fonte do surto, o (s) modo (s) de transmissão e a extensão da infecção. As evidências disponíveis sobre o vírus 2019-nCoV e a experiência anterior com outros coronavírus (MERS-CoV e SARS-CoV) e outros vírus respiratórios (por exemplo, influenza aviária) sugerem que pode haver transmissão zoonótica associada ao 2019-nCoV.

À luz das evidências disponíveis e da experiência passada, a OMS faz as seguintes recomendações gerais:

·       Como precaução geral, quem visita mercados de animais vivos, húmidos ou de produtos de origem animal deve praticar medidas gerais de higiene, incluindo lavagem regular das mãos com sabão e água potável após tocar em animais e produtos de origem animal, evitando tocar nos olhos, nariz ou boca com as mãos. e evitar o contacto com animais doentes ou produtos animais estragados. Qualquer contacto com outros animais possivelmente vivendo no mercado (por exemplo, gatos e cães vadios, roedores, pássaros, morcegos) deve ser estritamente evitado. Também deve ser tomada atenção para evitar o contacto com resíduos ou fluidos animais potencialmente contaminados no solo ou nas estruturas de lojas e instalações de mercado

·       O consumo de produtos de origem animal crua ou mal cozida deve ser evitado. Carne crua, leite ou órgãos de animais devem ser manuseados com cuidado, para evitar a contaminação cruzada com alimentos não cozidos, conforme boas práticas de segurança alimentar.

Recomendações para grupos de risco

·       Até que se entenda mais sobre o 2019-nCoV, as pessoas com condições médicas subjacentes são consideradas com maior risco de doença grave. Portanto, indivíduos com essas condições médicas subjacentes devem evitar o contacto com mercados de animais vivos, animais vadios e animais selvagens, não devem comer carne crua de animais. Tais recomendações também devem ser disseminadas para viajantes e turistas com condições médicas subjacentes.

·       Os trabalhadores de matadouros, veterinários encarregados da inspecção de animais e alimentos nos mercados, trabalhadores de mercado e aqueles que manipulam animais vivos e produtos de origem animal devem praticar boa higiene pessoal, incluindo lavagem frequente das mãos após tocar em animais e produtos de origem animal. Eles devem considerar usar roupas protectoras, luvas, máscaras enquanto manipulam profissionalmente animais e produtos de animais frescos. Os equipamentos e as estações de trabalho devem ser desinfectados com frequência, pelo menos uma vez ao dia. As roupas de protecção devem ser removidas após o trabalho e lavadas diariamente. Os trabalhadores devem evitar expor os membros da família a roupas, sapatos ou outros itens sujos que possam ter entrado em contacto com material potencialmente contaminado. Portanto, é recomendável que roupas e itens de protecção permaneçam no local de trabalho para lavagem diária.

·       Com base nas informações disponíveis, não se sabe se o 2019-nCoV tem algum impacto na saúde dos animais e nenhum evento específico foi relatado em nenhuma espécie. Como recomendação geral, os animais doentes nunca devem ser abatidos para consumo; os animais mortos devem ser enterrados ou destruídos com segurança e o contacto com seus fluidos corporais deve ser evitado sem roupas de protecção. Os veterinários devem manter um alto nível de vigilância e relatar qualquer evento incomum detectado em qualquer espécie animal presente nos mercados às autoridades veterinárias.

 

 

 
     

 

©2020 724.pt

  Siga-nos no facebook

7/24 Home Page - Página Principal  Adicione esta página ao seus favoritos  7/24 Correio Electrónico